quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

26 DE JANEIRO



Festival de Ekeko, o deus da abundância dos índios Aymara e de Mama Allpa, a deusa peruana da terra e da riqueza.
Neste dia, troque os saquinhos de mantimentos do seu boneco Ekeko. Coloque um cigarro aceso na sua boca, ofereça um pouco de cada mantimento para a Mãe Terra, invocando sua proteção e abundância no decorrer do ano.
Como gratidão, leve alguns alimentos para um orfanato ou asilo.

Comemoração de Omamama, a deusa ancestral da tribo nativa norte-americana Cree. Apesar de tão velha quanto a própria Terra, Omamama era extremamente bonita e muito amorosa com seus filhos, as divindades e os espíritos da natureza.
Cernunnos da Blessed
Seu primogênito era o pássaro do trovão, os outros eram o bruxo sapo, o lobo e o castor.
Depois de tê-los gerado, pedras e plantas começaram a cair de seu volumoso ventre, até formar a Terra, da maneira que é conhecida hoje.

Celebração de Cernunnos, o deus celta da fertilidade, senhor dos animais e da vegetação.
Os sacerdotes vestiam mantos de peles, usavam adornos com chifres e tomavam uma bebida feita com o “veludo” das pontas dos chifres dos cervos, que tinham efeitos afrodisíacos e o poder de provocar visões.

Aproveite a energia deste dia e conecte-se ao seu animal de poder ou às forças e espíritos da natureza.

texto copiado de Teia de Thea



Um pouco mais sobre Omamama:

Omamama é a filha de Manabozho, chefe do Anasazi, seres adorados como deuses pelas tribos da América do Norte, e sua esposa, Onatah, a deusa do milho.  
Omamama era particularmente venerada pelos nativos americanos do sexo feminino como uma deusa-mãe, mas sua incrível beleza caracterizou-a como uma deusa de amor semelhante a Afrodite dos gregos ou Freia dos alemães.

Omamama possui os atributos físicos convencionais dos deuses nativos americanos.  
Como todos os Anasazi, ela possui uma vida extremamente longa, mas não é imortal como os deuses do Olimpo: ela envelheceu a um ritmo extremamente lento desde que atingiu a idade adulta e não pode morrer por qualquer meio convencional.  
Ela é imune a todas as doenças terrenas e é resistente a lesões convencionais.  
Se ela estivesse  ferida de alguma forma, sua força vital lhe permitiria recuperar-se com velocidade sobre-humana.  Omamama também possui força e resistência  sobre-humana em todas as atividades físicas.
Omamama também tem alguns poderes místicos dedicados aos vínculos emocionais de atração entre os mortais.  
Ela pode ficar invisível, capaz de mover-se entre os seres humanos, embora ela ainda possa ser vista pelos outros deuses, sejam eles membros da Anasazi ou não.  
A voz de Omamama parece encantada, que lhe permite dobrar qualquer mortal ou deus à sua vontade. Alguns deuses, como o Hino, Thor e Horus foram capazes de resistir a esse carisma poderoso, apesar de certos deuses, como Hércules, foram mais suscetíveis.
Omamama também pode voar e alterar seu tamanho, às vezes aparecendo como uma gigante na terra. Ela pode transformar homens mortais em animais, como coelhos, veados e aves.
Animais de estimação: Omamama tem grande relacionamento com as criaturas passivas da terra, como veados, coelhos, rãs e peixes.

 
 texto traduzido de www.angelfire.com/planet/.../omamama.html



26 de janeiro - quinta-feira
Celebração eslava de Kubai-Khotun, a Grande Mãe, de cujo leite formou-se a Via Láctea.
 
copiado de Caminhos Pagão
 
Gratidão por estar visitando meu blog!! Volte sempre!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Doando as unidades que ainda possuo! - Ana Maria Braga mostra a que ela possui!!

pesquise aqui os assuntos que procura!!!

Quem sou eu

Minha foto

Sou alguém que se encanta pela vida no dia a dia, descobrindo sempre novas formas de agir, se melhorando e tentando melhorar o seu redor. Acreditando que a Luz está dentro de cada um e que ela deve iluminar sempre a caminhada. Tenho como intenção: fazer amigos, aperfeiçoar a vida, dedicar-me às boas obras, promover a verdade e reconhecer nos semelhantes meus irmãos de caminhada. Descobrindo sempre mais e mais de vários mundos: Mundos terapêuticos, ideais, sustentáveis, mágicos, de Paz...