sábado, 16 de outubro de 2010

Magia

Encante-se com os mistérios e as mágicas presentes em nossas vidas

No passado, o mago era um personagem importante dentro do reino, aconselhava o rei através de seus oráculos e cuidava do povo com suas ervas mágicas.
Explorava e estudava a Natureza, utilizando sempre de seus recursos.
Entender a magia é compreender e aceitar que não temos o controle de todas as situações e que apesar de não estarmos conscientes, da presença invisível ao nosso redor, o Universo conspira sempre a nosso favor, encaminhando de forma imperceptível os nossos passos.
Quando deixamos um pouco de lado a razão e ouvimos o nosso coração, através da intuição, caminhamos pela estrada de forma suave e alegre, reparando não só nas pedras do caminho, mas também na borboleta que pousa na flor, no raio de Sol que incide sobre a poça d'água.
Percebemos que o Encantamento está na Natureza, e que fazemos parte dela...
Agradecendo a dádiva do ar que respiramos, o calor do nosso corpo, a firmeza de nossos ossos e a fluidez da lágrima que cai.
Procurar estudar magia foi, para mim, uma forma de re-encantar a vida, aceitando como uma criança, a benção de acreditar em fadas, e viver as pequenas emoções do dia a dia em harmonia com o coração.
Conversando com a Lua Cheia, saudando o Sol em cada manhã, plantando um jardim, sentindo a vida e não simplesmente passando por ela.
Dessa forma sentindo a Liberdade para sonhar, buscar e acreditar em coisas que poderiam ser tidas como bobas, mas que o coração sabe... que são mágicas.
O primeiro insight realmente forte sobre esse caminho mágico aconteceu na leitura de "Brumas de Avalon", tudo aquilo me parecia muito real, eram verdades antigas que voltavam... as Sacerdotisas, os estudos...
Então começou a minha busca tímida por revistas e informações... mais adiante, com a internet, vieram longas e abençoadas pesquisas, até que participei de cursos.
Percebi que sou uma alma "buscadora", sempre querendo aprender mais, livre para voar de um lugar a outro, contribuindo na medida de minhas possibilidades e aprendendo um pouco mais.
Não sou professora, nem pretendo ser.
Existem muitos profissionais gabaritados que podem ensinar muito, livros, pesquisas na internet que também esclarecem muito sobre wicca, magia natural, neo-paganismo, xamanismo e bruxaria.
Aqui, simplesmente abro meu coração, para que, como eu, você também possa ter a coragem de buscar a sua verdadeira essência.
Afinal, somos livres para escolher nossos caminhos, estudos e comportamentos, respeitando-se e respeitando o outro.

Seguindo sempre duas leis da Magia:

1ª - "Faça tudo aquilo que quiser desde que não prejudique nada nem a ninguém!!!"; e

2ª - "Tudo que faz retorna três vezes para ti".

Por essa razão, faço tudo com muita dedicação, amor e respeito.

Sabbat de Samhain - Comemorando a Roda do Ano do Hemisfério Norte

Sabbat de Samhain (pronuncia-se Sou-ein) ou Festival Celta dos Ancestrais é considerado o Ano Novo dos Bruxos.
A popular abóbora escavada com uma vela acesa em seu interior que é colocada na entrada das casas ou nas janelas para que os espíritos familiares reencontrem facilmente as casas onde viveram é a tradição mais conhecida deste Sabbat.
A festa de Halloween originou-se dele, tanto que, no hemisfério norte, o Samhain acontece em 31 de outubro.
Samhain é um período de reflexão, de análise do ano que se finda, época de se ajustar ao fenômeno da vida sobre o qual não exercemos controle, ou seja, a morte.
Samhain é o dia que começa o Ano Novo celta, por isso é um tempo ideal para términos e começos.
É um tempo para a reflexão, no qual olhamos para o ano que passou e estabelecemos as metas para nossa vida no ano que inicia.
O Samhain ocorre no pico do outono, época da última colheita antes que o rigoroso inverno mate, praticamente, toda a vegetação.
O que não for colhido até o dia de Samhain é deixado para apodrecer nos campos.
É o tempo do ano em que o frio aumenta, o Sol está enfraquecendo rapidamente, a sombra cresce e as folhas das árvores caem numa preparação ao inverno que logo chegará.
Para os antigos celtas, esse dia sagrado dividia o ano em duas estações: inverno e verão.
É a entrada para a parte sombria e fria da Roda do Ano.

Tradicional queima de pedidos de Samhaim

Existem muitos costumes de Samhaim e a queima de pedidos é um deles.
A intenção é retirar de nossa vida tudo que for negativo e atrair todas as coisas positivas que queremos.
Arranje dois pedaços de papel.
Em um deles escreva tudo aquilo que você deseja retirar de sua vida: doenças, pessoas indesejadas, dificuldades de qualquer tipo, obstáculos...
Em outro papel, escreva tudo aquilo que deseja realmente atrair para a sua vida.
Seja bastante específico, pois as palavras têm um grande poder!

Há uma história conhecida de uma bruxa que pediu simplesmente "amor em sua vida" e no dia seguinte encontrou um gatinho abandonado em seu quintal, precisando de carinho.
Se não é o que você deseja, então especifique bem o que você realmente quer...
No final da sua lista de desejos coloque a seguinte frase:
"Que assim seja e que o bem se faça" (se não for para o bem, que não aconteça).
Queime o papel do que deseja retirar da sua vida na chama de uma vela.
Enquanto o papel queima (sobre um prato), mentalize o mal sendo retirado de sua vida.
Jogue as cinzas em água corrente (abra a torneira e deixe escoar para o ralo).
Peça aos deuses que ajudem você nesta missão.

Em seguida, queime o papel com a lista de desejos e, enquanto o papel pega fogo, acenda um incenso e coloque junto das chamas algumas folhas de louro, sempre mentalizando a positividade que você deseja atrair para a sua vida.
Quando o fogo acabar, contemple a fumaça provocada pelas folhas e pelo incenso, subindo aos céus e peça que seus pedidos se elevem ao mundo dos deuses.
Jogue os restos (se houver) em seu jardim ou na natureza.

Oração à senhora do Samhain

Senhora,
Faze da minha vida um hino a ti
Que minha voz cante tuas canções,
Que meus dedos descrevam tuas maravilhas,
Que minha mente consiga receber e traduzir tuas palavras.
Ah, mãe, a terra é Tua, como eu sou Tua.
Ah, mãe, a terra é minha, como és minha.
Senhora de tudo o que existe,
Senhora de tudo o que há
Ensina-me a lição mais simples:
Que por Ti eu sempre saiba sonhar,
Que por Ti eu aprenda a brilhar!
E no pó colorido das estrelas de Teu manto
Sorrias em cada lágrima, em cada pranto.
E na centelha de vida que se esvai,
Sejas sempre amada e nos amai.

E que Ela nos proteja e abençoe sempre!!! (Texto de Mavesper Cy Ceridwen)


Abaixo o Estandarte de mesa da Blessed para celebração dos Sabbats:





                             


altura: 20cm
largura: 14 cm
espessura: 5 cm

composição: suporte de madeira torneada e envernizada e 
banners de lonita com transfer adesivado


R$20,00 +envio



Sabbat de Beltane - comemorando a Roda do Ano do Hemisfério Sul

No próximo dia 31 de outubro comemoramos o Sabbat de Beltane que ocorre no meio da Primavera.
Este é o momento do ano em que a Terra se aquece no gentil abraço de calor do Sol com o retorno da vitalidade, da paixão e da consumação das esperanças.
A Mãe Terra, representada pela Deusa, despertou e se encontra fértil e o Jovem Deus alcançou o auge de sua vitalidade e vigor. O calor do Sol e a exuberância da Natureza festejam sua paixão, culminando no Casamento Sagrado.
É a união entre os princípios masculino e feminino da criação, a união de todos os poderes que trazem vida a todas as coisas.
O Deus e a Deusa estão férteis e apaixonados e de seu amor, tudo, absolutamente tudo, nascerá.
Beltane era celebrado com flores e uma grande festa pública.
Comemora-se a fertilidade, o amor que dá forças a tudo, e o retorno do Sol, com toda a sua intensidade.
Os principais símbolos desse Sabbat são as fogueiras e o Mastro de Beltane.
As Fogueiras de Beltane possuem o significado mágico de trazer a luz do Sol até a Terra.
Essas fogueiras eram chamadas de "fogueiras da necessidade", eram construídas de uma forma sagrada e davam-lhe oferendas como, por exemplo, ervas mágicas, artefatos animais ou totens para imbuir o fogo de poderes que seriam então passados para o gado que se alimentaria da ração com as cinzas dessa fogueira.
O Deus Bel é invocado e então todos pulam a fogueira para se livrar de má sorte, doenças, negatividade, para absorverem as energias poderosas do fogo mágico e para atrair a fertilidade para sua vida.
O Fogo simboliza o Deus em seu total aspecto da Amante da Deusa.
O Mastro de Beltane representa a união do Deus (o Mastro) e da Deusa (coroa de flores no topo).
Tradicionalmente é enfeitado com uma guirlanda no seu topo e com fitas multicoloridas.
Através de uma dança onde as fitas são entrelaçadas ao mastro, celebramos o Casamento Sagrado, a União da Deusa (Terra) e do Deus (Sol) que sustentará a vida, essa união libera bênçãos de prosperidade, saúde, amor e realizações felizes, propiciando uma colheita farta e abundante para todos nos meses vindouros.
Cada participante escolhe uma fita de sua cor preferida ou ligada a um desejo, e todo o grupo começa então a entrelaçar uma fita na outra até que todo o Mastro esteja revestido por elas.
Durante o entrelaçar das fitas os participantes tecem a teia da vida, mentalizando os desejos, como se estivessem tecendo seu próprio destino, colocando-se sob a proteção dos Deuses, fazendo os pedidos e projetando o futuro que almejam.

 Beltane é o dia da alegria, da felicidade e do riso, pois celebra a vida em todas as suas manifestações.

Estes festejos eram usados também para celebrar o Amor. Amor espiritual, Amor entre um casal e que nesse dia tinha seus votos renovados (ou não) por mais um ano.
Beltane é também re-encontrar o mais importante tipo de Amor: o amor-próprio.
Pois só um coração preenchido por esse sentimento pode amar livre e incondicionalmente.
Ao participar dessa cerimônia, devemos perceber a presença eterna do Amor espiritual que está dentro de cada um e que ao mesmo tempo rodeia a todos.

Magicamente falando, Beltane é o tempo de fertilizar, nutrir e impulsionar os projetos e desejos que plantamos no Sabat de Ostara.
 
Atividades:
• Pular fogueira (ou caldeirão que é o ponto central mais comum da cerimônia. Representa, obviamente, a Deusa - a essência da feminilidade, o objetivo de todo desejo);
• Guardar as cinzas da fogueira para utilizar em encantamentos de fertilidade, para abençoar objetos e pessoas;
• Fazer Mastro de Beltane;
• Dançar em volta do Mastro de Beltane;
Colocar uma fita colorida em uma árvore fazendo um pedido as Fadas;
• Fazer uma oferenda ao povo das Fadas;
• Confeccionar guirlandas com flores multicoloridas para as mulheres e folhas verdes para os homens;
• Fazer bolos redondos de aveia e cevada (Bolos de Beltane).
Hoje, acenda a fogueira sagrada (pode ser o caldeirão ou 2 velas, espaçadas para que possa passar entre elas) reverenciando a força do Amor que purifica e abençoa, trazendo luz e harmonia para sua vida.
Um pequeno Mastro simbólico pode ser feito com gravetos e pequenas fitas de cetim e queimado no interior de um caldeirão ao final da cerimônia.

Os celtas acreditavam que este festival era regido pelo Povo das Fadas, ajudantes da Mãe Terra em sua tarefa de florescer e frutificar.
Trata-se de uma época muito mágica, pois conta-se que entre os dois mundos (humanos e das fadas) há, neste dia, somente uma linha muito tênue que os separa...
Deixam-se oferendas de frutas, leite, mel, cristais e contas coloridas, para o Povo das Fadas, pedindo-lhes a abertura da visão sutil e o conhecimento do uso mágico das ervas e pedras.
Colocar uma fita em uma árvore fazendo um pedido ao Povo das Fadas.
Usar fitas de acordo com os seus desejos...
O Simbolismo das cores: laranja para prosperidade, rosa para amor, verde para abundância, amarela para cura, azul para proteção, vermelha para paixão, preta para afastar o mal.

Os alimentos tradicionais de Beltane são frutas vermelhas (como cerejas e morangos), saladas de ervas, ponche de vinho rosado ou tinto e bolos redondos de aveia ou cevada, conhecidos como bolos de Beltane.

Oração de Beltane

Ó Deusa Mãe, rainha da noite e da Terra;
Ó Deus Pai, Rei do dia e das florestas,
Eu celebro sua união enquanto a natureza se alegra num ruidoso banho de cor e vida.
De sua união surgirá a vida renovada;
Uma profusão de criaturas vivas cobrirá a terra,
E os ventos soprarão puros e doces.
Ó antigos, eu celebro com vocês!!


Dessa forma querendo festejar esta noite encantada de Beltane, acenda uma vela simbolizando o Sol, colha flores para simbolizar a fertilidade, e recite poemas em homenagem ao Deus e a Deusa.

Se for possível, passe a noite em claro e veja o amanhecer...

Sinta a grandeza e exuberância da Natureza, e de como a Vida é fértil e perfeita.

Feliz Beltane a todos!!!


Abaixo o Estandarte de mesa da Blessed para celebração dos Sabbats:





                             


altura: 20cm
largura: 14 cm
espessura: 5 cm

composição: suporte de madeira torneada e envernizada e 
banners de lonita com transfer adesivado














R$12,00 + envio pelo PagSeguro (podendo parcelar no seu cartão de crédito)
ou por depósito bancario antecipado: R$10,00+ envio via PAC


quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Mystic Fair um sucesso !!!!

Agradeço ao Claudiney pela realização da Mystic Fair 2010.

Foi um evento lindo, com uma energia incrível onde conheci muitas pessoas e também revi amigos tão queridos.

Coloco aqui algumas fotos desses 2 dias mágicos!!!!
















segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Mini-estandarte de mesa para celebração dos Sabbats!!!!

Estandarte de mesa contendo 1 suporte e 9 banners


altura: 20cm
largura: 14 cm
espessura: 5 cm

composição: suporte de madeira torneada e envernizada e 
banners de lonita com transfer adesivado











R$12,00 + envio pelo PagSeguro (podendo parcelar no seu cartão de crédito)
ou R$10,00+envio via PAC (depósito bancario antecipado) 

Doando as unidades que ainda possuo! - Ana Maria Braga mostra a que ela possui!!

pesquise aqui os assuntos que procura!!!

Quem sou eu

Minha foto

Sou alguém que se encanta pela vida no dia a dia, descobrindo sempre novas formas de agir, se melhorando e tentando melhorar o seu redor. Acreditando que a Luz está dentro de cada um e que ela deve iluminar sempre a caminhada. Tenho como intenção: fazer amigos, aperfeiçoar a vida, dedicar-me às boas obras, promover a verdade e reconhecer nos semelhantes meus irmãos de caminhada. Descobrindo sempre mais e mais de vários mundos: Mundos terapêuticos, ideais, sustentáveis, mágicos, de Paz...