sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

13 DE JANEIRO



Dia do Ano Novo pelo calendário Juliano, festejado ainda em alguns lugares ao norte da Europa como o Festival “Wassailing”.

Reverenciavam-se, neste dia, as Mulheres Árvores ou “Bushfrauen”, as guardiãs dos bosques e dos pomares.
Elas apresentavam-se como mulheres com corpos de árvore, cabelos de folhas verdes e seios volumosos.
Elas garantiam as colheitas se as pessoas cuidassem das árvores e homenageassem-nas.
Neste dia, brindava-se às macieiras com uma bebida quente típica feita com cidra, ovos batidos, maçãs assadas, mel, cravos e gengibre.
Agradeciam-se os frutos e pedia-se que elas continuassem a frutificar no próximo ano. Os pedidos eram feitos por meio de invocações, cânticos ou até mesmo pancadas nos troncos e galhos para despertar o poder de fertilidade das árvores e chamara proteção das “Bushfrauen”.

Experimente essa antiga receita e ofereça um pouco para a Mãe Terra.
Pode ser em um jardim perto de uma árvore ou até mesmo em seus vasos de plantas.
Medite sobre seu potencial latente e “acorde-o”, ouvindo a voz de seu coração e buscando novos meios de expressão.
Plante uma nova muda em seu jardim e cuide dela como se fizesse parte de você.

Antiga celebração na China de Chang Mu, a deusa protetora das parturientes e dos recém-nascidos, padroeira das mulheres.

Dia consagrado a Tiw, o deus nórdico do céu, e a Ageir, padroeiro dos marinheiros e viajantes no mar, esposo da deusa Ran e pai de nove sereias.


copiado de Teia de Thea

       
agenda mágica da Blessed

Gratidão por estar visitando meu blog!! Volte sempre!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Doando as unidades que ainda possuo! - Ana Maria Braga mostra a que ela possui!!

pesquise aqui os assuntos que procura!!!

Quem sou eu

Minha foto

Sou alguém que se encanta pela vida no dia a dia, descobrindo sempre novas formas de agir, se melhorando e tentando melhorar o seu redor. Acreditando que a Luz está dentro de cada um e que ela deve iluminar sempre a caminhada. Tenho como intenção: fazer amigos, aperfeiçoar a vida, dedicar-me às boas obras, promover a verdade e reconhecer nos semelhantes meus irmãos de caminhada. Descobrindo sempre mais e mais de vários mundos: Mundos terapêuticos, ideais, sustentáveis, mágicos, de Paz...