terça-feira, 27 de março de 2012



Festival de Gauri, a deusa hindu da abundância, padroeira dos casamentos.
No Rajastão, as mulheres carregam suas estátuas para os rios, dançando ao seu redor e pedindo abundância nas colheitas.
Sua cor sagrada é o amarelo do Sol, do trigo e do milho maduro.
Acredita-se que para atrair sua proteção e a boa sorte para os relacionamentos, devem lhe ser ofertados doces, comendo-se um deles ao deitar para atrair doçura em sua vida.

Antigamente, nos países do Mediterrâneo, homenageava-se Athana Lindia, deusa ancestral que representava a fertilidade das colheitas e a paz das comunidades.
Precursora de Deméter e Ceres, ela personificava a prosperidade cultural oriunda da segurança material.
Suas esculturas eram feitas com um tronco de árvore, realçando-se apenas sua cabeça - que era adornada com as insígnias de sua cidade natal - e seu pescoço, ao redor do qual eram colocadas várias guirlandas de espigas e de flores.

Celebração romana do deus do vinho e da fertilidade Liber Pater, com libações e ritos de passagem para a entrada dos rapazes na sociedade dos adultos, havendo a troca de suas túnicas púrpuras pelas brancas.
É uma data propícia às reuniões e ritos de passagem masculinos.

copiado de Theia de Thea


DIA DE GAURI

Na Índia, celebrava-se neste dia Gauri, um dos aspectos da deusa Durga que possui 9 manifestações.
Acreditava-se que um ritual feito com mel neste dia levaria doçura e amor à alma.
Reviva este antigo ritual fazendo receitas que levem mel, como pão da felicidade ou balas de mel e oferte às pessoas que desejar.
Todo mel e doçura que você distribuir voltarão multiplicados para você.


Deusa da Abundância, padroeira dos casamentos.
Durantes os festivais em sua honra, as mulheres colocam suas roupas mais belas e pedem para que o Deusa lhe traga o marido escolhido.

Já as casadas rogam por uma vida conjugal feliz.
No Rajastão, as mulheres carregam sua estátua para os rios, dançando ao seu redor e pedem abundância nas colheitas.
Sua cor sagrada é o amarelo do Sol, do trigo e do milho maduro.
Acredita-se que, para atrair sua proteção e a boa sorte, devem lhe ser ofertados doces, comendo-se um deles ao deitar para atrair doçura às nossas vidas.
A Lua Crescente marca o festival de Gauri na Índia.
Ela é a Deusa que representa a pureza e a austeridade.

copiado do site: www.tribosdegaia.org


Maha Gauri


Ela é reverenciada no oitavo dia do Navaratri.
Seu poder é infalível e instantaneamente frutífero.
Como resultado de sua adoração, todos os pecados do passado, presente e futuro são levados pela água e os devotos se tornam purificados em todos os aspectos da vida.
Maha Gauri é inteligente, pacífica e calma.
Devido a suas longas austeridades nas profundas florestas do Himalaia, ela desenvolveu uma pele escura.
Quando Shiva a limpou com as águas do Ganges, seu corpo recuperou sua beleza e ela ficou conhecida como Maha Gauri, que significa ‘extremamente branca’.
Ela veste roupas brancas, tem quatro braços e monta um touro.
Sua mão direita superior está na posição que afasta os medos e a direita inferior segura um tridente.
A mão esquerda superior leva um ‘damaru’ (um pequeno tambor de guizo) e a inferior está na posição de garantir dádivas a seus devotos.



Gratidão por estar visitando meu blog!! Volte sempre!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Doando as unidades que ainda possuo! - Ana Maria Braga mostra a que ela possui!!

pesquise aqui os assuntos que procura!!!

Quem sou eu

Minha foto

Sou alguém que se encanta pela vida no dia a dia, descobrindo sempre novas formas de agir, se melhorando e tentando melhorar o seu redor. Acreditando que a Luz está dentro de cada um e que ela deve iluminar sempre a caminhada. Tenho como intenção: fazer amigos, aperfeiçoar a vida, dedicar-me às boas obras, promover a verdade e reconhecer nos semelhantes meus irmãos de caminhada. Descobrindo sempre mais e mais de vários mundos: Mundos terapêuticos, ideais, sustentáveis, mágicos, de Paz...