sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

03 DE FEVEREIRO

 03 DE FEVEREIRO
Celebração da deusa irlandesa Brigantia, a Grande Mãe tríplice dos Brigantes (um ramo dos celtas), padroeira de vários rios, venerada com o poder da lua nova, da primavera, da água corrente e das colinas verdes, representada pelo “olho que tudo vê”.

Em outras lendas, Brigantia aparece como uma deusa solar, cujo sopro protegia os homens, prolongando sua vida.

Na Irlanda, neste dia, colocavam-se “cruzes solares” de proteção acima das portas e das janelas.

Feitas de palha, elas representavam o olhar protetor da deusa, vigiando e afastando o mal e os infortúnios.

Abençoavam-se também as crianças, principalmente suas gargantas, colocando fitas verdes ao redor de seus pescoços, dando vários nós enquanto o nome da Deusa era pronunciado com uma oração de proteção.

Fim dos Mistérios Menores de Eleusis, com celebrações para as deusas Deméter e Perséfone e rituais de fertilidade para as deusas da terra, destinados a ativar o poder da germinação e o desabrochar da natureza com a chegada próxima da primavera.

copiado de Teia de Thea


São Brás

Neste dia é costume celebrar a cerimônia da "Benção das Gargantas", na Europa, para honrar os poderes curativos de São Brás e para proteger magicamente contra as doenças da garganta trazidas pelo frio do Inverno. 
 
 
( Note a transformação ou cristianização do antigo costume dos pagãos que faziam o mesmo pedindo proteção à Brigantia!!)
Gratidão por estar visitando meu blog!! Volte sempre!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Doando as unidades que ainda possuo! - Ana Maria Braga mostra a que ela possui!!

pesquise aqui os assuntos que procura!!!

Quem sou eu

Minha foto

Sou alguém que se encanta pela vida no dia a dia, descobrindo sempre novas formas de agir, se melhorando e tentando melhorar o seu redor. Acreditando que a Luz está dentro de cada um e que ela deve iluminar sempre a caminhada. Tenho como intenção: fazer amigos, aperfeiçoar a vida, dedicar-me às boas obras, promover a verdade e reconhecer nos semelhantes meus irmãos de caminhada. Descobrindo sempre mais e mais de vários mundos: Mundos terapêuticos, ideais, sustentáveis, mágicos, de Paz...