sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

O caminho mágico

Esse caminho é baseado na Vida, no Amor e na Liberdade com responsabilidade.
É uma crença que antecede o Cristianismo e não se opõe em momento algum aos ensinamentos de Jesus.
Que reverência a Deusa e o Deus (opostos e complementares que geram a Vida) e os deuses antigos de diversos panteões (celta, grego, romano etc).
Que propõe entrar em harmonia com a Natureza, praticando rituais ou celebrações, em grupos ou solitariamente, seguindo as estações do ano, respeitando e cuidando do planeta.

Começando do início...

Os povos da Antigüidade (na Era Paleolítica) acreditavam que as mulheres não concebiam pelo ato sexual e sim ao deitar-se sob o luar.
Ela representava a base da fertilidade, dessa forma a Lua e o corpo feminino eram reverenciados como foco de força divina: doadora da vida.

A Deusa Tríplice apresenta as suas três faces (como a Lua): 
a donzela (Lua crescente), 
a mãe (Lua Cheia) e 
a anciã (Lua minguante).
É dela o útero germinador de tudo que tem vida neste mundo.
Ela é a Lua que brilha todas as noites, trazendo o aconchego, o sustento, a dedicação e força aos seres humanos.
A Grande Mãe é a verdade, a beleza da natureza, a força na fertilidade, o nosso lado suave e sensitivo.

O Deus é aquele que semeia o útero da Grande Deusa.
Ele é o Sol que ilumina a cada dia.
Na representação do masculino simboliza a Força, a Determinação, a sabedoria, e proteção.
Ele representa a razão e a direção de nossa caminhada.
Esse Deus recebeu o nome de Cornífero ou Cernunnos, sendo representado pelos chifres, símbolo de sua virilidade e fertilidade.
Juntos,  Deusa e Deus nos dão vida.
São duas forças opostas que se unem gerando apenas uma.
O retorno a esses ensinamentos antigos traz novamente a simplicidade da conexão com a Natureza e com a Divindade.

A magia não é só é acender velas coloridas, fazer algum feitiço ou ritual.
Mas também é gerar um filho, acordar diariamente saudando a Natureza, amar aquilo que faz, trabalhar, cozinhar, viver.
Este é o verdadeiro sentido de ter uma vida mágica: 
Todos têm o direito à felicidade plena.

Acreditando que toda religião ou filosofia é certa a cada pessoa, em cada momento, em cada aprendizado.
Assim não se deve julgar, percebendo que o certo e o errado não existem, mas que o mais importante é o que funciona ou não para cada um.
A cada um segundo as suas obras, suas escolhas, suas diversidades e individualidades.
Cada um deve buscar conhecer-se e conhecer a sabedoria do Universo, para evoluir junto à sua espiritualidade e materialidade.
Entendendo as Leis Universais e utilizando-as a favor do desenvolvimento, onde cada um, praticando o seu melhor, estará contribuindo para sua evolução e evolução do mundo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Doando as unidades que ainda possuo! - Ana Maria Braga mostra a que ela possui!!

pesquise aqui os assuntos que procura!!!

Quem sou eu

Minha foto

Sou alguém que se encanta pela vida no dia a dia, descobrindo sempre novas formas de agir, se melhorando e tentando melhorar o seu redor. Acreditando que a Luz está dentro de cada um e que ela deve iluminar sempre a caminhada. Tenho como intenção: fazer amigos, aperfeiçoar a vida, dedicar-me às boas obras, promover a verdade e reconhecer nos semelhantes meus irmãos de caminhada. Descobrindo sempre mais e mais de vários mundos: Mundos terapêuticos, ideais, sustentáveis, mágicos, de Paz...